A inteligência que se vê

Jovens talentos do design gráfico e digital apresentam o desenvolvimento da &Design Magazine.

Por Fabio Silveira e Eliane Weizmann

Foto: Sarah Ferreira @sahferreira

Despertar a essência de jovens designers sempre foi nossa aposta para transformar o mundo em um lugar melhor. E com este projeto não foi diferente.

Selecionamos uma equipe de alunos do curso de Design Gráfico e Digital do Istituto Europeo di Design São Paulo para materializar a revista que está em suas mãos agora. Em uma sociedade tão digital e conectada com seus celulares, gadgets e afins, muitos desses jovens nem sequer tinham o hábito de ler revistas. Ainda mais impressas! É um fato! Nasceram abraçados pelas redes sociais e, moldados, em seus comportamentos, pelos algoritmos.

Mas, e se aparecesse uma oportunidade de criar uma revista valorizando o suporte impresso e que trouxesse como proposta central resgatar o valor do bom conteúdo com soluções visualmente atraentes? E se, para além disso, o assunto da revista fosse o design?! Pois esta oportunidade apareceu!

O IED SP foi procurado pelos idealizadores da &Design com o desafio de criar uma publicação abordando as múltiplas facetas do design e de seus realizadores.

Uma proposta instigante e, ao mesmo tempo, uma grande oportunidade de promover aos nossos alunos uma experiência em um meio de comunicação pouco explorado por eles. Esta foi a grande chance de unir o pensamento do mundo digital conectado e o conteúdo impresso no papel com toda a potência que isso traz.

Desafio aceito, hora de começar a trabalhar. E muito!

Fazer uma revista é um processo complexo e cheio de etapas que não pretendemos detalhar por aqui. Mas você já pensou que tudo que existe em nosso mundo pode ser projetado?

Deixando a natureza de lado, pois ela já é perfeita como está, os demais objetos do nosso dia a dia podem — e devem — ser desenhados pensando nos usuários (pessoas). Isso é a essência de um bom design. Criar futuros possíveis com forma, função, sentido e especialmente, valor centrado no humano.

No caso de uma revista impressa, existem muitas decisões de design que tomamos para que o conteúdo seja honrado, decisões estas que envolvem o formato, as cores, as fotos, as ilustrações e a tipografia. Esta última tem uma importância singular que o historiador Robert Bringhurst define “A tipografia é uma estátua invisível. Ela está ali, presente para comunicar de forma clara mas, ao mesmo tempo, sem chamar a atenção.”

Como você pôde perceber, muitos aspectos são considerados ao desenvolver um objeto de design e ao longo da revista você já entrou em contato com vários deles. Cada decisão tomada foi pensada no leitor e na sua experiência de leitura. Afinal, o design é um grande aliado na busca de um mundo melhor, mais justo e que considere todas as pessoas, ainda que sua contribuição seja uma “estátua invisível” para a maioria de nós.

Algumas dessas decisões vamos compartilhar aqui, assim, você também pode participar desta construção: use sua imaginação, invente seus próprios mundos, e dê espaço para sua mente criativa. Assim como nós fazemos!

Eliane Weizmann. Coordenadora do curso de Design Gráfico e Digital do Istituto Europeo di Design – IED SP.
Fabio Silveira. Professor do IED SP.Designer editorial. Orientou o time de design na construção desta publicação.

“TUDO É RELATIVO. DESIGN É RELAÇÃO.”
paul rand

Veja as principais decisões de design para a criação desta revista
A criação do design de uma revista passa por diversas etapas e decisões gráficas para que ela chegue até você. Confira algumas delas:

Conteúdo
A primeira etapa é criar os conteúdos da publicação. Esta etapa é feita pelos editores e jornalistas da revista que buscam contar as melhores histórias com as personagens mais interessantes.

Forma e Função
Aqui entra a equipe do design na construção da forma da revista. Nesta hora, são definidas as estruturas que vão sustentar tudo o que você está vendo nas páginas da publicação. Definições como escolha de papel e como será impressa também entram na discussão.

Tipografia
Uma etapa importantíssima é a escolha tipográfica. São elas que trazem força à identidade da revista e materializam as palavras dos conteúdos. Uma boa escolha tipográfica ajuda na leitura e no acesso ao conteúdo de um material.

** Esta tipografia foi criada pela typedesigner de Barcelona, Pilar Cano. Uma entendida no assunto. Ela é Mestra em Typeface Design na University of Reading
e cria letras para grandes empresas em projetos pelo mundo afora. A força do design feminino presente nas páginas da &Design.

Cores
A poesia na escolha das cores que ajude a traduzir o imaginário dos conteúdos é uma etapa muito prazerosa e complexa também. Ter uma gama de cores contribui na elaboração de fotos e ilustrações para a revista.

Tudo junto e misturado
Começa aqui um longo processo de juntar todos esses elementos: fotos, textos, cores, imagens, ilustrações e fazer com que as páginas fiquem atraentes, bonitas e que dialoguem com o conteúdo das reportagens. Tudo é feito com bastante atenção e cuidado para que a revista chegue em suas mãos perfeita para ser devorada com os olhos!

Confira o Making Of da revista:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TOP

Assine a &Design Magazine e fique por dentro das maiores tendências do mercado, da arte, da arquitetura, da moda, da decoração e muito mais!